Data de publicação
28/04/2015 03:00

Evento debateu as propostas para o aprimoramento e expansão dos serviços públicos digitais oferecidos à população

O Seminário Internacional Brasil 100% Digital obteve participação expressiva nos canais online. No twitter, as postagens com a hashtag #BrasilDigital atingiram 1,16 milhão de contas e alcançaram 14 milhões de visualizações.

O tema foi um dos mais comentados na rede social e chegou aos trending topics. As palestras dos dois dias do evento foram transmitidas via internet, contabilizando 4,6 mil acompanhamentos.

Os números da ação no Twitter e das transmissões refletem a importância do tema para a construção de uma sociedade baseada no conhecimento e com acesso a serviços e informações em meio digital.

Ambiente inovador

O seminário levantou questões para qualificar a demanda por soluções e desenvolvimento tecnológico e para promover um ambiente inovador seguro e protegido.

No primeiro dia do evento, foram debatidas estratégias e boas práticas para implementação de serviços de governo digital. O ministro Aldo Rebelo, durante discurso de abertura do seminário, defendeu que o Brasil democratize e universalize tecnologias digitais.

O secretário de Política de Informática do MCTI, Virgilio Almeida, apresentou soluções tecnológicas nacionais para o governo digital e afirmou que o Brasil está pronto para o futuro digital.

Palestrantes internacionais

O evento contou com a participação de palestrantes internacionais que apresentaram as experiências em governo eletrônico. É o caso do diretor de Desempenho e Provisionamento do Serviço Digital do Governo do Reino Unido (GDS, na sigla em inglês), Richard Sargeant. Ele detalhou o funcionamento da plataforma Gov.UK, criada para centralizar informações e responder aos cidadãos britânicos sobre políticas públicas.

O primeiro dia terminou com uma mesa redonda sobre construção de serviços digitais. A diretora de Internet da Secretaria de Comunicação da Presidência da República (Secom/PR), Marcia Pachaly, apresentou a estratégia do governo para a construção da plataforma de serviços digitais. O tema da palestra da diretora foi “Desafio da padronização”.

Segundo dia

Os últimos debates do seminário Brasil 100% Digital tiveram como foco o uso de dados abertos e técnicas analíticas para transparência e controle da administração. A primeira mesa redonda reuniu palestrantes que mostraram a diversidade de uso de dados abertos no Brasil.

Em mesa-redonda sobre dados abertos e governo aberto, o secretário de Logística e Tecnologia da Informação do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), Cristiano Heckert, afirmou que o crescimento no número de acessos a dados abertos do Governo Federal mostra o protagonismo da sociedade.

Lançado pelo governo federal em fevereiro, o programa Bem Mais Simples também foi apresentado no seminário. Segundo o secretário de Competitividade e Gestão da Secretaria da Micro e Pequena Empresa da Presidência da República (SMPE/PR), Carlos Leony, mostrou como a iniciativa vai simplificar o dia a dia de cidadãos e empresas.

Fonte: Ministério de Ciência e Tecnologia