Aqui você encontra perguntas que podem ocorrer frequentemente sobre o uso dos dados abertos.

Índice

  1. Como eu utilizo o dados.gov.br?
  2. O que são Dados Abertos?
  3. De quem é a responsabilidade pelos dados?
  4. Como abrir arquivos CSV?
  5. Como abrir arquivos JSON?
  6. Como abrir arquivos XML?

 

Consulte também as seções “Glossário” e “Ferramentas” do Kit para dados abertos, que podem ter informações relevantes para o uso de dados.

Conheça, ainda, outros recursos de terceiros que poderão ajudar na utilização dos dados:

Veja, também, as perguntas frequentes sobre dados abertos e sobre este portal.

 

Como eu utilizo o dados.gov.br?

Vide a resposta dentre as perguntas frequentes do portal.

O que são Dados Abertos?

Vide a resposta dentre as perguntas frequentes do portal.

De quem é a responsabilidade pelos dados?

A responsabilidade pelos dados é do órgão que os coleta, gerencia e disponibiliza.

Se você procura mais informações ou esclarecimentos sobre um conjunto de dados específico, procure na própria página do conjunto de dados a seção “Informações Adicionais“. Nela há um campo “Autor. Esse é o responsável pelo conteúdo dos dados. Procure o nome do órgão que consta no valor desse campo para entrar em contato.

Exemplo:

Captura de tela da página de conjunto de dados, salientando o campo 'autor'

Manter os dados no ar também é responsabilidade do órgão que o publica. Em alguns casos, essa pode ser uma instituição diferente daquela responsável pelo conteúdo dos dados. Caso um conjunto de dados esteja fora do ar ou apresentando problemas técnicos, procure na própria página do conjunto de dados a seção “Informações Adicionais“. Nela há um campo “Mantenedor. Procure o nome do órgão que consta no valor desse campo para entrar em contato.

Exemplo:

Captura de tela da página de conjunto de dados, salientando o campo 'autor'

No caso de não constar e-mail de contato nesses campos, sugerimos procurar o site do próprio órgão e localizar as opções “Institucional”, “Quem é quem” e/ou “Contato”.

Como abrir arquivos CSV?

Os arquivos do tipo CSV constituem-se em arquivos texto, onde os valores são delimitados por um caractere, normalmente a vírgula, ponto e vírgula ou tabulação. Menos frequentemente, é possível também que os campos sejam delimitados por uma largura fixa de caracteres.

Podem ser abertos em qualquer editor de planilhas, como o LibreOffice / Openoffice ou Excel. Nesse caso, dependendo da versão do Excel, pode ser necessário executar um passo adicional para converter texto em colunas.

Importação de texto - [inf_cadastral_cia_aberta.csv]. Importar. Conjunto de caracteres: caixa seletora; Europa ocidental (ISO-8859-1). Idioma: caixa seletora; Padrão - Português (Brasil). Da linha: campo texto; 1. Opções de separadores. Opção; Largura fixa. Opção; Separado por. Opção; tabulação. Opção; vírgula. Opção; ponto-e-vírgula. Opção; espaço. Opção; outro. Caixa de texto. Opção; mesclar delimitdores. Delimitador de texto. Caixa de texto; aspas. Outras opções. Campos. Amostra da tabela. Colunas: padrão, CNPJ_CIA; padrão, DENOM_SOCIAL.
Exemplo de janela de abertura de arquivo CSV na ferramenta LibreOffice.

Como o formato CSV não segue um padrão único, geralmente é necessário ajustar parâmetros, tais como o caractere delimitador (ex.: vírgula, ponto e vírgula ou tabulação) e a codificação de caracteres (geralmente UTF-8 ou ISO-8859-1), de acordo com a forma em que o arquivo tiver sido gravado. Por exemplo, o aparecimento de caracteres estranhos no lugar da acentuação das palavras é um sinal de que a codificação de caracteres selecionada ao abrir o arquivo deve ser substituída.

Caso o arquivo CSV seja muito grande, pode não ser viável abri-lo em um editor de planilhas, como o Excel ou LibreOffice, pois pode não haver memória suficiente para fazê-lo. Nesses casos, recomenda-se utilizar ferramentas especializadas, frequentemente utilizadas em projetos de ciência de dados, mineração de dados ou big data. Outra possibilidade é utilizar uma linguagem de programação, tal como Python ou R, para fazer operações com os dados.

Arquivos CSV também podem ser importados em sistemas gerenciadores de bancos de dados (SGBD). Consulte o manual do seu SGBD caso deseje fazer a importação de uma tabela a partir de um arquivo CSV.

Como abrir arquivos JSON?

Arquivos JSON, a depender do seu tamanho, podem ser visualizados diretamente no navegador. Entretanto, caso o arquivo seja grande, o uso intensivo de memória e processamento poderá travar a sua aba.

Para fazer algo de útil com os arquivos, é necessário utilizar ferramentas especializadas, frequentemente utilizadas em projetos de ciência de dados, mineração de dados ou big data. Outra possibilidade é utilizar uma linguagem de programação, tal como Python ou R, para fazer operações com os dados.

A estrutura de dados do formato JSON foi especialmente concebida para ser de leve processamento e fácil manipulação em linguagens de programação.

Como abrir arquivos XML?

Arquivos XML, a depender do seu tamanho, podem ser visualizados diretamente no navegador. Entretanto, caso o arquivo seja grande, o uso intensivo de memória e processamento poderá travar a sua aba.

Para fazer algo de útil com os arquivos, é necessário utilizar ferramentas especializadas, frequentemente utilizadas em projetos de ciência de dados, mineração de dados ou big data. Outra possibilidade é utilizar uma linguagem de programação, tal como Python ou R, para fazer operações com os dados.

A estrutura de dados do formato XML é especialmente favorável nas situações em que os dados precisam ser mesclados com conteúdo de texto. Por isso, é considerada uma linguagem de markup.