Data de publicação
10/04/2012 18:02

No último dia 3 de Abril foi realizada a Conferência Livre para Dados Abertos, com o objetivo de submeter para a etapa nacional da 1a. Conferencia Nacional Sobre Transparência e Controle Social (Consocial), 10 propostas dentro da temática de dados abertos. A conferência foi uma iniciativa da W3C em parceria com redes, organizações e entidades da sociedade civil, como Transparência Hacker, GPOPAI entre outras.

A primeira parte do evento foi marcada por apresentações e falas provocadoras de membros de Governo (municipal, estadual e federal) e da sociedade civil. Foram relembradas algumas dificuldades que deverão ser enfrentadas, tanto na questão da transformação da cultura do segredo para a cultura da abertura, quanto no melhor método para se priorizar os dados que serão inicialmente disponibilizados pelo governo, em formatos abertos. A iniciativa do portal Dados.gov.br foi mencionada de forma bastante elogiosa pelos que passaram à mesa.

Na segunda parte do evento, os participantes puderam escolher dentre 4 grupos temáticos aquele que tinham mais interesse em debater. O foco era a construção de propostas para os Eixos 1 e 2 da Consocial que são, “Promoção da transparência pública e acesso à informação e dados públicos” e “Mecanismos de controle social, engajamento e capacitação da sociedade para o controle da gestão pública”. Os debates se estenderam até o meio da tarde quando as propostas foram validadas, aglutinadas e emendadas em plenária. O resultado final foi então priorizado pelos próprios participantes com o objetivo de obter as 10 propostas da conferência.

A realização de conferências livres, embora já tenha sido utilizada por outras conferências, é um inovação do processo conferencial. Permite maior liberdade na escolha de eixos e temas específicos, como foi o caso da conferência de dados abertos. Outra característica importante é a ausência de eleição de delegados, fazendo com que o foco do encontro seja o debate das propostas. Agora é importante iniciar um trabalho e sensibilização dos delegados que estarão presentes na etapa nacional (que será realizada dias 18 a 20 de maio, em Brasília) para a importância da temática, de modo que essas propostas ganhem força nos grupos e possam compor o Plano Nacional sobre Transparência e Controle Social cuja criação será subsidiada pelo resultado da Consocial.

Você é ou conhece algum delegado da Consocial? Então mostre para ele a lista das propostas que foram criadas nessa livre! É importante que elas sejam fortalecidas na etapa nacional!

SP.L.0275.01.1 SP Livre São Paulo 03/04/2012 Câmara Mun… 1 1 Inventariar e publicar o … Leia mais
SP.L.0275.02.1 SP Livre São Paulo 03/04/2012 Câmara Mun… 2 1 Regulamentar, em todos os… Leia mais
SP.L.0275.03.1 SP Livre São Paulo 03/04/2012 Câmara Mun… 3 1 Assegurar que toda e qual… Leia mais
SP.L.0275.04.1 SP Livre São Paulo 03/04/2012 Câmara Mun… 4 1 Tornar obrigatório que ór… Leia mais
SP.L.0275.05.1 SP Livre São Paulo 03/04/2012 Câmara Mun… 5 1 Associar as gratificações… Leia mais
SP.L.0275.06.1 SP Livre São Paulo 03/04/2012 Câmara Mun… 6 1 Criar incentivos financei… Leia mais
SP.L.0275.07.1 SP Livre São Paulo 03/04/2012 Câmara Mun… 7 1 Vincular o repasse de rec… Leia mais
SP.L.0275.08.1 SP Livre São Paulo 03/04/2012 Câmara Mun… 8 1 Desenvolver e implantar p… Leia mais
SP.L.0275.09.1 SP Livre São Paulo 03/04/2012 Câmara Mun… 9 1 Criar a virada da transpa… Leia mais
SP.L.0275.10.1 SP Livre São Paulo 03/04/2012 Câmara Mun… 10 1 Instituir diretriz que de… Leia mais